Entrar nos EUA a partir de novembro: tire todas as suas dúvidas para planejar sua viagem

*Atualizado em Janeiro de 2022


Finalmente você já pode começar a planejar o seu Happy Day! Afinal, as fronteiras vão abrir e muita gente já pode entrar nos EUA a partir de novembro, ou melhor dizendo, a partir do dia 08.11.2021. Para entrar no país, no entanto, existem algumas regrinhas e também muitas dúvidas sobre elas!


Como muita gente está ansiosa para viajar e já quer começar a arrumar as malas, preparamos um post completo para esclarecer todas as suas perguntas! Vale a pena conferir!


Como fica a questão dos vistos para entrar nos EUA a partir de novembro?

Para embarcar para os EUA é necessário, além da vacina e do teste negativo para Covid-19 (RT-PCR ou antígeno), preencher este formulário aqui e ter um visto válido para a entrada no país.


Caso você precise solicitar ou renovar seu visto americano, é importante saber que as vagas para 2022 estão bastante disputadas em função da suspensão das atividades no consulado durante a pandemia. É necessário acompanhar as informações no site e caso tenha mais dúvidas, entre em contato com a nossa equipe para saber mais.


Preciso apresentar uma exceção de interesse nacional?

Não haverá necessidade de solicitar uma exceção de interesse nacional antes de viajar para o país a partir de 8 de novembro.


Quais vacinas os EUA consideram válidas para entrar no país?

O governo americano declarou que além das vacinas que já são aplicadas no território americano (Pfizer, Janssen e Moderna) também serão aceitas todas as vacinas aprovadas pela OMS para uso emergencial. Isso significa que, se você foi vacinado com a Corona Vac ou Astrazeneca, por exemplo, não precisa se preocupar. Você pode viajar para os EUA tranquilo!


Mas, e quem tomou duas doses de vacinas diferentes? A princípio o governo americano havia vetado a entrada de pessoas com duas doses diferentes de vacina. Porém, isso mudou. Agora, mesmo que alguém tenha tomado uma dose de Corona Vac e outra de Astrazeneca, por exemplo, é permitida a entrada desde que complete os 14 dias após a última dose (período de imunização).


Como eu comprovo que fui vacinado? Só levar minha caderneta de vacinação?

A caderneta de vacinação não é considerada um documento válido para a entrada nos Estados Unidos. Para quem quer entrar nos EUA a partir de novembro ou vai viajar para o exterior é necessário emitir um certificado em inglês diretamente no aplicativo Conecte SUS, do Ministério da Saúde.


Como fica a situação de crianças e adolescentes que vão viajar para os EUA?

Crianças e adolescentes até 17 anos não precisam ser vacinados. Contudo, aqueles que possuem entre 2 a 17 anos devem apresentar o teste (RT-PCR ou antígeno) negativo para coronavírus com 3 dias de antecedência da viagem, caso estejam acompanhados. (A partir de Janeiro de 2022, em razão da variante Ômicron, os EUA passou a exigir a apresentação dos testes com 1 dia de antecedência, mesmo crianças)

Caso estejam viajando desacompanhados, é necessário apresentar um teste válido com até 1 dia antes da viagem.


Preciso apresentar um teste antes de viajar?

Sim, qualquer pessoa de qualquer idade precisa apresentar um RT-PCR ou teste antígeno apontando que não está infectada com o coronavírus com até dias de antecedência da viagem. Esse teste também precisa ser repetido na saída do país. (A partir de Janeiro de 2022, em razão da variante Ômicron, os EUA passou a exigir a apresentação dos testes com 1 dia de antecedência. O uso de máscaras no avião, trens e transporte público também é obrigatória. Quem descumprir com essa medida pode levar uma multa no valor de até US$ 500,00)


Existem exceções para entrar nos EUA para quem não foi vacinado?

Sim. Passageiros nas seguintes condições podem entrar nos EUA a partir de novembro sem vacinação:


  • Caso você tenha participado de algum ensaio clínico para possíveis vacinas contra a Covid-19

  • Caso tenha contraindicação médica para as vacinas

  • Caso precise viajar emergencialmente ou por razões humanitárias (que deverão apresentar uma carta do governo dos EUA comprovando a situação).


Como fica a volta dos residentes americanos no Brasil?

Quem é cidadão norte-americano ou tem a residência regularizada pode embarcar mesmo que não esteja vacinado. Contudo, é necessário apresentar um teste de RT-PCR ou antígeno negativo feito com um dia de antecedência da viagem.


Como fica a volta de brasileiros para o território nacional com a variante Ômicron?

Por conta da nova variante, o governo brasileiro também passou a exigir novas medidas. Agora, brasileiros precisam apresentar o certificado de vacinação ou quarentena no retorno ao país. Também é preciso apresentar um PCR negativo com até 72 horas ou um teste de antígeno com 24 horas de antecedência.



Quais atrações posso visitar? Está tudo aberto?

Lá no nosso blog, já fizemos alguns posts bem bacanas para quem quer visitar a Flórida. Algumas dicas você pode conferir em:


As melhores praias da Flórida para você conhecer

Flórida além dos parques: o que visitar?


Porém, devido a pandemia, nem todas as atrações estão funcionando normalmente. Assim, antes de viajar, o ideal é pesquisar bastante para não perder tempo (e nem dinheiro!). Nossa equipe da Happy Day atua diretamente na Flórida e realizamos roteiros personalizados. Assim, se você quer economizar tempo na pesquisa e garantir dias felizes na sua viagem, entre em contato conosco!


Gostou dessas dicas? Bora arrumar as malas para o seu Happy Day!


74055290_ri_-_rio_31-12-2017_reveillon_-

Blog

Explore o lado happy do Rio e da Flórida com a gente. Aqui você encontra dicas exclusivas e mais!